IGREJA NOVA - OLHAR DE ESCRITOR —Prof. Atiliano IGREJA NOVA - OLHAR DE ESCRITOR —

Notícias

IGREJA NOVA – OLHAR DE ESCRITOR

Publicado em 15 de dezembro de 2014

IGREJA NOVA – OLHAR DE ESCRITOR

Nada como a casa dos primos nas férias, cheia de gente. Rever os tios e os primos, novos amigos, festinha toda noite e uma praça com vista para a Igreja de São João Batista, onde a turma se reúne. Assim é Igreja Nova, uma cidade em Alagoas, que tem como ponto turístico a Igreja Matriz, que é considerada um cartão-postal obrigatório.

Cidade pequena é outra história. Dá pra sair sozinho, sem engarrafamentos, andar à noite a pé pelas ruas, voltar tarde, sem preocupação de assalto e sequestro. Sentar à porta de casa e no banco da praça, que nas cidades grandes foi se perdendo, devido à insegurança. Fazemos festa todo dia, a cidade inteira se conhece e, se não, acaba se conhecendo.

Desde menino, passo férias na cidade. O carnaval dos “caretas”, as festas do Bom Jesus dos Navegantes, as novenas do padroeiro, São João Batista, os banhos no rio Ipiranga estão gravados na minha memória.

Passou-se o tempo, eu fui crescendo e, fiz amizade, com muita intensidade nesse lugar, aumentando minhas idas ao município.

Luiz Filipe Varela, um contista de Porto Alegre, disse, certa vez, que é “preciso sempre andar por aí com olhar de escritor, para que qualquer imagem possa transformar-se em textos”. Foi assim, com olhar de escritor que acabei escrevendo um livro intitulado Igreja Nova. Nele, retrato a história e as peculiaridades da cidade, no entrelaçamento da ficção com a realidade.

Os dias de lançamento, na Feira dos Municípios Alagoanos, foi um dos mais felizes da minha vida. Minha família e meus amigos estavam lá. Apareceram algumas personalidades políticas e escritores que adquiriram meu livro, e muita, muita gente que eu nunca tinha visto que tinha vínculo com o município.

Tomando conhecimento de que meus escritos estavam sendo submetidos à apreciação da Academia Maceioense de Letras, dirijo-me ao Salão Ana Sofia, no Hotel Pajuçara.

Na Assembleia, uma surpresa. Fui eleito por unanimidade para pertencer à Academia de letras de Maceió. Realizava-se, então, mais uma etapa da trajetória que a Providência me reservou.

Por Dartanhan Holanda.

Tags:

2 respostas para “IGREJA NOVA – OLHAR DE ESCRITOR”

  1. Rafaella Gregório disse:

    Parabéns meu amigo Dartanhan ! você um jovem tão ungido de inteligência e humildade!
    abracs e vem me visitar !
    att
    Rafaella Gregório.

  2. Zatiliano disse:

    E isso mesmo Dantanha. Parabens?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Todos os direitos reservados © 2017