ELES SABEM! —Prof. Atiliano ELES SABEM! —

Notícias

ELES SABEM!

Publicado em 5 de fevereiro de 2015

ELES SABEM!

Nessa manhã de um dia qualquer, faço o trajeto de sempre. Pego a bolsa, os livros, o caderno, os fones e vou ao encontro do ponto de ônibus. Exatamente ás 5:45h da

manhã, vejo as mesmas pessoas de sempre: o senhor de barba branca na porta de casa, um mecânico, mulheres fazendo caminhada, a viúva limpando a frente da casa, o rapaz
com os pães na bicicleta, todos recebem meu sincero bom dia . Logo adiante, encontro um casal, eles se despendem um do outro, ela o beija imensamente, ele toca os seus
cabelos e a levanta do chão, ali estão eles, no mundo deles, o mundo apenas deles.

Enquanto Ana Carolina canta aos meus ouvidos, a musica muda rapidamente e Renato Russo insiste em me dizer que tenho todo o tempo do mundo. Ali fico eu, me perguntando
qual a quantidade de tempo, quanto tempo realmente eu tenho, o que faz esse tempo valer a pena. Continuo a caminhar e vagarosamente me lembro da infância, quando eu
queria adivinhar o que todos pensavam, o que cada mudança facial expressava; hoje quando me vejo diante de alguém, tento fazer o mesmo que fazia na infância, sem
sucesso eu indago possíveis pensamentos.

Muitos me dizem que sou apegada a coisas pequenas, que não sei ser fria, que preciso aceitar o presente e entender que a vida é isso, cada dia uma nova história, um
novo rumo a seguir. Outros dizem que quero mudar o mundo, que sou generosa com todos, que eu não sei ser ruim com os outros. Eu chamo de “empatia”, me coloco no lugar
do outro, tento entender, não faço como antes, hoje procuro ajudar independente do que a pessoa fez comigo. O mundo precisa disso: empatia. Não acho que ser mais
humano é ser uma pessoa sem problemas, afinal, quem não tem problemas?

No meu caminho, continuo a observar o que em todas as manhãs a vida me oferece, assim, agradeço o Criador por me proporcionar com um céu tão perfeito. Vejo pessoas se
cumprimentando, conversando, trabalhando, pensando. Precisamos dessa coletividade para viver, precisamos de alguém para viver. Por mais que você não queira, você
precisou da sua mãe para nascer, você precisou, precisa e precisará sempre de alguém.

Chego ao ônibus e darei inicio a minha viagem, viagem que não se compara a que viajo em meus pensamentos. Olho ao horizonte e vejo no alto de uma árvore o sol nascendo
e algo na minha mente me faz pensar que: A gente nunca sabe qual a última vez que vai falar com alguém, e algo dentro de mim tem certeza que aquele casal sabia disso.

Por Rafaella Gregório

Tags:

2 respostas para “ELES SABEM!”

  1. Larissa disse:

    Adoreii *—*

  2. Vinicius disse:

    Rafaella, Parabéns pelo seu texto! muiiito envolvente, com suas palavras podemos ver o mundo d outra forma, seria bom se todos pensassem que nem você! muito bom sua participação no blog do Professor e estou gostando !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Todos os direitos reservados © 2017