Sem (De)pressa —Prof. Atiliano Sem (De)pressa —

Notícias

Sem (De)pressa

Publicado em 27 de fevereiro de 2015

Sem (De)pressa

E tudo passa tão depressa, a gente chega na vida do outro depressa, sai da vida do outro depressa, namora depressa, termina depressa, gosta depressa, desgosta depressa.

Está tudo tão depressa.

Deixa o depressa.

Vai sem pressa. 
Será que se preocupássemos menos com o dinheiro e mais com o ajudar ao próximo, seriamos mais felizes?

Às vezes queremos tanto do outro, esperamos tanto, ahh quem disse que quem espera mais, se decepciona mais; realmente, se esperar aumenta as expectativas, quando o outro nem chega próximo dessas expectativas, o mundo cai por terra e você sofre, você tem medo, você chora,  você fica fria.

Quem disse que não somos uma acumulação de dores da vida?

Quem disse que a garota fria de hoje, não foi à apaixonada com o coração partido de ontem?

Cada um sabe o que passou, cada um sabe as noites que lutaram contra a dor, contra a vontade de desistir de tudo, mas continuou. Não porque queria, mas porque era preciso.

Chega um momento que aprende que não adianta querer fingir ser o que não é, que nada serve senão aquele abraço, que tudo pode parecer ruim, mas que passa. Afinal, tudo passa né? Enquanto não passa, aproveita a vida que te cerca, coloca aquele sorriso no rosto, porque ninguém precisa saber o que você sente, ninguém precisa saber da sua tristeza, porque o mundo não vai parar, ele vai continuar e nada adianta você parar sua vida, quando ele está vivendo a vida dele .

Só tenha pressa, se for para ser feliz.

 

– Rafaella Gregório de Souza.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Todos os direitos reservados © 2017